Também eu tenho acompanhado o caso da Bia, a partir do Quadripolaridades ,e torço o mais possível por ela. Tenho raiva de não poder ser dadora, nem de sangue nem de medula (já estou "velhota" e, sobretudo, tenho uma doença auto-imune que me impede logo à partida de o ser). Se pudesse, quem sabe não seria eu a poder fazer a diferença para alguém?
Zu a 26 de Julho de 2012 às 15:45

Isto sim, isto é serviço público!
A quantidade de informação que disponibilizaste aqui acaba com todas as desculpas possíveis para não se ser dador!
Beijinhos
Mammy a 28 de Julho de 2012 às 00:03