As rádios emitem em várias frequências. Estes episódios, contudo, situam-se numa frequência diferente, não uma de rádio, mas de radio. Como em Radioterapia. Episódios de um tratamento oncológico (à suivre)
Quinta-feira, 09 de Agosto de 2012

Comunidade de doentes oncológicos e afins, preciso de ajuda. Ontem comecei a fazer quimioterapia. Não vale a pena alongar-me muito sobre as estatísticas, que roçam os 0% de taxa de sobrevivência. Normalmente com o meu tipo de cancro avançado faz-se quimio para prolongar a vida. Para depois fazer mais tratamentos para prolongar a vida -estão a ver a pescadinha de rabo na boca?- Pergunto-me onde fica o viver a vida no meio disto tudo...


Independentemente disso, tenho de tentar. Ainda hesitei durante uma semana, faço, não faço, faço, não faço.


Preciso de esperança e de um milagre. Decidi fazer, porque mesmo que não acredite nesta quimio, pode dar-me mais tempo para surgir outra coisa.


Mas preciso também de dicas para suportar melhor a quimio, a perda dos cabelos, os outros efeitos secundários todos... 

 

Está aberta a caixa de comentários! Usem e abusem!

 

 

ADENDA: Quando fiz cisplatina há 1 ano e meio tive muitas náuseas mas nunca vomitei e não me caiu o cabelo. Este protocolo que estou a fazer agora é Carboplatina + Taxol. Se alguém já o experimentou que se acuse! :)

publicado por Silvina às 16:13

A única coisa útil que aprendi com a minha Mãe, tem a ver com a comida.... quando o paladar começa a ficar alterado, compensa comer a comida muito pouco quente.. quase fria... tolera-se melhor, segundo ela...

De resto, egoísmo.... tens direito a isso!!! Pede tudo o que quiseres! (o que estiver ao meu alcance...)
Saudosa a 9 de Agosto de 2012 às 16:31

Obrigada Saudosa, segui esta dica nos dias em que tive mais náusea e ajudou! Um beijinho*
Silvina a 18 de Agosto de 2012 às 11:47

Eles nos filmes comem 'popsickles' que é tipo calippos mais pequenos!
Podiamos experimentar lascivamente, que achas?
Idalina a 9 de Agosto de 2012 às 16:37

Ainda não estou assim tão desesperada... eheh
Silvina a 18 de Agosto de 2012 às 11:48

Dou-te mais uma vez os parabéns pela decisão, minha Silvine. Além da acupuntura, que resultou lindamente com a minha mãe (também fiz choy, também foi caca), ela também se sentiu bem quando decidiu cortar o cabelo antes que ele começasse a cair. E nunca usou lenço, usava panamás de bebé :)

Como eu já te disse, a dela não foi nenhum pesadelo, suportou-se bem e foi a tal "vermelha" (não sei como chamam por cá ou por aí), a mais forte de todas, pois já descobriu o cancro tarde. Entre tratamentos, sentia-se bem e fazia a vidinha dela. Depois dos ciclos todos, até voltou a trabalhar.

Espero que chovam dicas de gente com histórias na primeira pessoa para te ajudar, love.
Melissa a 9 de Agosto de 2012 às 16:42

Obrigada Melisse, vou investigar as agulhas... :)
Quanto ao cabelo, não o consigo cortar por enquanto, estou a acobardar-me. Talvez pra semana consiga.
Bisous*
Silvina a 18 de Agosto de 2012 às 11:50

Já há uns quantos posts que necessito de dizer algo e não sei bem o que dizer. Mas espero que saibas que torço sempre pelo melhor e que admiro essa tua forma de encarar as coisas, prática mesmo que por dentro nem consiga imaginar o turbilhão. As palavras no meio disto tudo não ajudarão, sei bem. Mas é apenas um «algures-no-mundo-há-alguém-que-não-te-conhecendo-sente-como-se-assim-fosse-e-te-deseja-tudo-o-que-os-amigos-desejam».

Um beijo enorme
ana a 9 de Agosto de 2012 às 16:42

Querida Ana, um simples obrigada não chega. Percebi (e recebi) tudo o que disseste.
Um grande beijinho*
Silvina a 18 de Agosto de 2012 às 11:51

Tenho uma palavra para ti. Uma palavra que fará de ti uma mulher mais tranquila:
CANABIS
Será a tua grande oportunidade de poderes fumar uma ganza, sem ser num coffee shop em Amesterdão, ou com medo da bófia.
Posso jurar que já li algures, que a erva ajuda a diminuir as náuseas e sintomas chatos da quimio.
Ana C a 9 de Agosto de 2012 às 17:10

"sem ser num coffee shop em Amesterdão, ou com medo da bófia.", hehehe.
Idalina a 9 de Agosto de 2012 às 17:13

YES, ja andei a investigar o assunto. Claro que em França é ilegal portanto não posso admitir aqui na internet que seguirei a tua dica... ;)
Silvina a 18 de Agosto de 2012 às 11:52

Silvina Chérie,

já conheces a minha experiência com a quimio. Comigo até correu bem. Sentia era necessidade de comer porcarias (olha que novidade) para disfarçar o mau sabor com que ficava na boca.

quando fiz pesquisas para o meu tio, sugeriam os sumos de fruta (tipo compal) para os momentos em que não se consegue comer e rebuçados de limão.

Quanto ao cabelo, tive a sorte de ela parar de cair a meio do tratamento. Penso que o ideal seria escolheres a prótese capilar (se achares que sim) antes que comece a cair para que seja algo aproximado do look que tens agora. Mesmo que depois não queiras (ou precises) usar, ficas sempre com esse trunfo. No meu caso, algo fez com que nunca conseguisse dar esse passo.

Se me for lembrando de mais alguma coisa, digo

bjs
Susana Neves a 9 de Agosto de 2012 às 17:47

Neves chérie,
Fui ontem experimentar perucas e fiquei deprimida.
Quanto aos sumos, boa ideia!
O sabor metálico na boca é irritante e durante uns dias tudo o que comi me soube a podre. Blhék.
Um beijinho*
Silvina a 18 de Agosto de 2012 às 11:54

Ao Mário não caiu o cabelo, não teve vómitos, não teve insónias, não deixou de comer, não emagreceu. Segundo o médico o efeito da quimio depende do doente. Portanto, se assim é, recebe essa quimio de braços abertos, como uma coisa muito boa e sem medos. Olha que passei 14 meses a contar anedotas para que alguem não se lembrasse da quimio e chorava todas as noites com medo que ele não aguentasse. Resultou...ainda tenho anedotas disponiveis...
Um beijo minha querida
Maria
Maria a 9 de Agosto de 2012 às 18:56

Olá Maria e Mário,
Ainda bem que o organismo do Mário reagiu bem à quimio! Eu sofri um bocado com náuseas e acho que emagreci, apesar dos esforços para comer. é sempre o meu problema, o peso, a dificuldade de comer...
Um beijinho para cada um!
Silvina a 18 de Agosto de 2012 às 11:56

Curto e grosso: ter o estômago SEMPRE cheio de comida. Saudável ou não, come o que te apetecer e tem sempre comida no estòmago. Sempre.

Beijo enorme
Me a 10 de Agosto de 2012 às 13:03

Boa dica Me! Tentei seguir à risca, mas eu e a comida temos uma relação complicada... ;)
Mas mesmo quando não me apetecia comer lembrava-me da tua frase "ter SEMPRE comida no estômago" e tentava enfiar qualquer coisa no bucho...
Um grande beijinho*
Silvina a 18 de Agosto de 2012 às 11:57

Sugestão para a queda do cabelo ..... antecipar... 'just in case'. Toma tu a decisao de mudar o 'look'. Acho q te ficaria bem o cabelo rapado. Corta e tira umas fotos bem sexy para distribuires. Qto ao resto ...... tudo o q te apetecer. Usa e abusa.
Um beijo grande
SB a 13 de Agosto de 2012 às 11:00

Aiiii está a ser um drama tomar eu a decisão. Penso sempre: "e se ele não cair? E se eu rapo o cabelo e afinal ele não ia cair todo?"
Acho que o meu problema nem é bem ter o cabelo curto ou rapado, é mais não poder esconder as cicatrizes da mandíbula e do pescoço...
Beijinho grande*
Silvina a 18 de Agosto de 2012 às 11:59

Conheço uma senhora que também fazia sessões de reiki para ajudar a diminuir os efeitos da quimioterapia, e parece que ajudava imenso... Espero que a dica ainda vá a tempo :)
Muita força e um beijinho
Joana a 18 de Setembro de 2012 às 22:26

Vou investigar o Reiki, obrigada pela dica Joana!
Um beijinhho*
Silvina a 24 de Setembro de 2012 às 00:38



mais sobre mim
pesquisar
 
Translation(s)
Últ. comentários
Desculpe mas percebeu mal: Tout va bien como uma e...
ainda bem que as coisas se resolveram e ela agora ...
Ja não. Tout va bien.
Ela ainda está em tratamento?
Faz por estes dias um ano que recebi um postal de ...
Tens-me feito tanta falta...beijinhos, muitos muit...
Radio Alertas




Partilhe a sua historia
Radio friendly Pub'


Kiva - loans that change lives

Estúdio Tatuagem Blood Oath Tattoos

Todas as palavras de Amor

Bau da Aurora artesanato

Mimos de Crochet


Creative Commons Licence