As rádios emitem em várias frequências. Estes episódios, contudo, situam-se numa frequência diferente, não uma de rádio, mas de radio. Como em Radioterapia. Episódios de um tratamento oncológico (à suivre)
Terça-feira, 13 de Novembro de 2012

Merck corta medicamento contra cancro a hospitais gregos

 

A Merck, grupo farmacêutico alemão, deixou de fornecer o Erbitux, medicamento para o cancro, aos hospitais da Grécia. O anúncio foi feito por um porta-voz da empresa à Reuters, num sinal claro das dificuldades que os serviços públicos estão a ter devido à crise económica, avança o site Dinheiro Vivo.


As farmacêuticas já tinham alertado os líderes europeus no início do ano para este problema e a alemã Biotest foi a primeira a cancelar medicamentos à Grécia em Junho passado devido às dívidas.


Os hospitais estatais dos países mais afectados pela crise da dívida soberana têm vindo a demonstrar dificuldades em pagar as suas dívidas, adiantou o director financeiro da Merck, Matthias Zachert, numa entrevista publicada ontem pelo jornal alemão Börsen-Zeitung.


No entanto, o mesmo responsável adiantou que, por enquanto, a Grécia é o único país que a quem a Merck deixou de fornecer medicamentos.


"Afecta apenas a Grécia, onde temos vindo a enfrentar vários problemas, e estamos a falar apenas de um produto", revelou o mesmo responsável.


Um porta-voz da farmacêutica alemã disse à Reuters que o medicamento em causa é o Erbitux mas que os gregos ainda podem comprar o medicamento nas farmácias.

 

Leia a notícia completa aqui.

2012-11-05 | 09:18, via Portal de Oncologia Português

publicado por Silvina às 11:44

Absolutamente desprezível isto... colocar interesses económicos e financeiros acima da vida humana é inqualificável!
Naná a 13 de Novembro de 2012 às 12:22

O meu receio é que esta moda um dia se arraste a outros países... Nem compreendo como é que é possivel. O meu coração encolheu ao ler isto, imagino o desespero das Silvinas Gregas que andam por ai e que não têm dinheiro para comprar o erbitux. São uns filhos da puta.
Silvina a 17 de Novembro de 2012 às 11:42

Em Portugal, em termos de medicamentos para os doentes oncológicos não sei, mas nos exames necessários e imprescindíveis a um bom acompanhamento de um doente oncológico cortaram e muito.

Um beijinho
helena a 13 de Novembro de 2012 às 16:38

Pois Helena, e algo me diz que os cortes não vão ficar por ai... :/

Um beijinho*
Silvina a 17 de Novembro de 2012 às 11:43



mais sobre mim
pesquisar
 
Translation(s)
Últ. comentários
Desculpe mas percebeu mal: Tout va bien como uma e...
ainda bem que as coisas se resolveram e ela agora ...
Ja não. Tout va bien.
Ela ainda está em tratamento?
Faz por estes dias um ano que recebi um postal de ...
Tens-me feito tanta falta...beijinhos, muitos muit...
Radio Alertas




Partilhe a sua historia
Radio friendly Pub'


Kiva - loans that change lives

Estúdio Tatuagem Blood Oath Tattoos

Todas as palavras de Amor

Bau da Aurora artesanato

Mimos de Crochet


Creative Commons Licence