As rádios emitem em várias frequências. Estes episódios, contudo, situam-se numa frequência diferente, não uma de rádio, mas de radio. Como em Radioterapia. Episódios de um tratamento oncológico (à suivre)
Domingo, 04 de Julho de 2010

Tenho um problema com esta palavra. Nunca a consigo dizer bem. Reincidiva. Reincidência. Recidiva. Assim é que é. E ainda não quero acreditar que estamos lá. Que estou a reincidir, recidir, whatever.

 

Três meses e meio depois do fim da radioterapia cá está ele de novo, o cancro, desta vez instalado num gânglio linfático.

Estou confusa. Isto quer dizer que as duas operações que fiz não foram suficientes, que a radioterapia não funcionou, que vou ter que ser operada mais uma vez, e ser constantemente vigiada. Eu sou o bicho da liberdade. Como é que encaixo ser constantemente vigiada quando eu anseio por me escapar, fugir, ir (por ai)? Depois vem o medo. Então se isso tudo não funcionou, o que é que funciona? Como é que me livro disto?

 

Ao mesmo tempo que me sobe a angústia e me eriçam os pêlos dos braços sei também que dê lá por onde der vou conseguir ser mais teimosa que este cancro. Deste não morro. Posso morrer de outro(s), aos 70 anos, quero lá saber. Mas deste não.

 

E é preciso controlar a angústia, refrear o stress, combater o cansaço, comer bem e bio de preferência, continuar a tentar ter uma vida que se desmarque do cancro, uma vida outra que o cancro. Continuar.

 

publicado por Silvina às 11:51


mais sobre mim
pesquisar
 
Translation(s)
Últ. comentários
Desculpe mas percebeu mal: Tout va bien como uma e...
ainda bem que as coisas se resolveram e ela agora ...
Ja não. Tout va bien.
Ela ainda está em tratamento?
Faz por estes dias um ano que recebi um postal de ...
Tens-me feito tanta falta...beijinhos, muitos muit...
Radio Alertas




Partilhe a sua historia
Radio friendly Pub'


Kiva - loans that change lives

Estúdio Tatuagem Blood Oath Tattoos

Todas as palavras de Amor

Bau da Aurora artesanato

Mimos de Crochet


Creative Commons Licence