As rádios emitem em várias frequências. Estes episódios, contudo, situam-se numa frequência diferente, não uma de rádio, mas de radio. Como em Radioterapia. Episódios de um tratamento oncológico (à suivre)
Terça-feira, 14 de Dezembro de 2010

Estou a ser tratada fora do país. Em 10 dias tive de contar à minha família que estava em verdadeiro perigo de vida, que tinha que mudar de casa e ir viver para outro país até me curar, que esta solução clínica que me apresentaram era a minha ultima oportunidade para me livrar deste cancro. E assim o fiz, contei à família, a alguns amigos, arrumei os trapinhos, chorei porque estava a ir contra mim própria e a deixar uma casa onde me sentia muito bem e feliz. E tive que, numa semana, encontrar casa em Paris, fazer mudanças, exames médicos, comprar móveis, instalar a luz e a internet e mentalizar-me que ia ficar sem a parte esquerda da mandíbula, o que acarretava uma primeira operação de 7h, seguida de outra mais pequena, o que perfaz duas anestesias gerais em 9 dias. E seriam duas ou três semanas sem andar, sem falar, sem comer. Nada fácil. Mas fiz isto tudo.

 

E agora continuo fora do país. Onde só me visita quem eu quero e quando preciso. Pode parecer que estou sozinha. E às vezes estou. Mas porque quero, faço questão e preciso disso para a minha saúde mental não se deteriorar. Os meus verdadeiros amigos têm sido aqueles que efectivamente respeitam as minhas decisões, que percebem que eu sei o que preciso e o que é melhor para mim, que não se impõem nem me impõem um horário de visitas ou visitas forçadas. Os meus verdadeiros amigos são aqueles que pensam em mim, que sabem que me vou safar desta, que me escrevem sms, mails, postais ou cartas com palavras que me fazem sentir que sou uma pessoa normal. Doente, mas normal. Eles conseguem lidar comigo sem me fazer sentir o peso da doença, o estigma do cancro, o medo da morte e que aconteça o "pior". Eles conseguem perceber como me sinto sem ter que explicar tudo ao pormenor. E a distância torna-se insignificante quando tenho pessoas assim na minha vida.

publicado por Silvina às 14:03


mais sobre mim
pesquisar
 
Translation(s)
Últ. comentários
Desculpe mas percebeu mal: Tout va bien como uma e...
ainda bem que as coisas se resolveram e ela agora ...
Ja não. Tout va bien.
Ela ainda está em tratamento?
Faz por estes dias um ano que recebi um postal de ...
Tens-me feito tanta falta...beijinhos, muitos muit...
Radio Alertas




Partilhe a sua historia
Radio friendly Pub'


Kiva - loans that change lives

Estúdio Tatuagem Blood Oath Tattoos

Todas as palavras de Amor

Bau da Aurora artesanato

Mimos de Crochet


Creative Commons Licence