As rádios emitem em várias frequências. Estes episódios, contudo, situam-se numa frequência diferente, não uma de rádio, mas de radio. Como em Radioterapia. Episódios de um tratamento oncológico (à suivre)
Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2011

Não sei se é a minha força que os desconcentra, que os destabiliza. E o aconteceria se eu precisasse mais? Se eu fosse mais carente, mais duvidosa de espírito, menos aguerrida e mais adocicada? Seria mais fácil para os outros me ajudarem, sentido-se úteis e menos impotentes (apesar de não poderem resolver o problema, metiam a mão na massa).


Mas o que me aconteceria, a mim, que sustento a minha luta no movimento constante, que centralizo a minha força para controlar o que ainda é controlável, que me construo enquanto guerreira contra a adversidade, seja ela cancro ou outra qualquer? O que me aconteceria, se me enchesse de sentimentos de culpa, mentisse a mim própria, mascarando esta realidade que sinto, que é a minha? O que me aconteceria se não tivesse a coragem de, lutando contra um cancro, dizer o que penso, o que sinto, o que preciso?


(Farta deste mundo que julga à distância, que enfia sapatos imaginários que nem sequer são o seu numero, que cala e foge como se a maldade, a doença e a morte não existissem.)


Mantenham os silêncios enterrados, porque enquanto eu tiver voz hei-de os quebrar.

publicado por Silvina às 16:57


mais sobre mim
pesquisar
 
Translation(s)
Últ. comentários
Desculpe mas percebeu mal: Tout va bien como uma e...
ainda bem que as coisas se resolveram e ela agora ...
Ja não. Tout va bien.
Ela ainda está em tratamento?
Faz por estes dias um ano que recebi um postal de ...
Tens-me feito tanta falta...beijinhos, muitos muit...
Radio Alertas




Partilhe a sua historia
Radio friendly Pub'


Kiva - loans that change lives

Estúdio Tatuagem Blood Oath Tattoos

Todas as palavras de Amor

Bau da Aurora artesanato

Mimos de Crochet


Creative Commons Licence