As rádios emitem em várias frequências. Estes episódios, contudo, situam-se numa frequência diferente, não uma de rádio, mas de radio. Como em Radioterapia. Episódios de um tratamento oncológico (à suivre)
Sexta-feira, 04 de Maio de 2012

Voltei e fui acolhida com chuva e temperatura de uns simpáticos 10°C. Muito diferentes dos 32°C que faziam lá onde estive.

 

Voltei e (re)comecei e a comer chocolate, em parte porque estou cansada da viagem de 18h, e doutra parte porque me preparo para fazer exames já na segunda-feira, e é com dificuldade que controlo o medo. E atento nesta dor que de vez em quando teima em surgir do lado direito do peito, e que quero pensar que é só ansiedade. E tenho saudades da minha avó, mais do que nunca. As saudades são belas e terríveis, ainda bem que as tenho mas não gosto dos momentos de tristeza, da ausência, do vazio. é como que se o espaço dela ainda aqui estivesse, mas ficaram só os contornos. O interior que antes estava preenchido agora já não está. Ela partiu.

 

E regresso para saber da morte do Miguel Portas, de um (cabrão de um) cancro do pulmão. E do novo transplante da Carmenzita. E do familiar da Susana. E da Kitty Fane. E podia continuar a enumerar um sem fim de pessoas que sofrem com isto. E sinto-me triste que o meu regresso a Paris me relembre sempre este sofrimento. Uma cidade tão bonita não merece estar assim tão interligada à experiência cancerígena. Ou talvez seja só a chuva, que não pára, e o frio que se faz sentir e que já me obrigou a ligar a "chauffage" que já tinha desligado para poupar dinheiro.

publicado por Silvina às 16:09

Benvinda :)
Espero que venhas de alma e coração cheio e com fôlego para os eventuais combates que tiveres pela frente. Cá te esperamos ansiosamente quando for possivel para umas horas de cavaqueira.
Um beijinho grande
SB a 4 de Maio de 2012 às 17:56

Obrigada SB, o próximo combate está ai à porta, amanhã é o primeiro exame... Mal controlo os nervos. Se correr tudo bem devo ir ai em breve! ;) (Cross my fingers)
Um beijinho*
Silvina a 6 de Maio de 2012 às 18:12

olá!!!
essas mudanças de temperatura são muito estranhas, e é necessário dar um tempo para adaptação... mas a chuva e o frio, estão quase sempre asociados à melancolia, por isso também é normal que tenhas ficado melancólica ao chegar aí ... e depois com más noticias à mistura...
...fico feliz por estares de volta. espero que tenhas adquirido muitas boas e novas sensações, e cá ficamos à espera que partilhes...
quanto aos exames, espero que corram pelo melhor.
beijinhos*

Monóloga a 4 de Maio de 2012 às 22:24

Obrigada Monologa :)
Talvez seja só a melancolia pós-viagem, mas o stress dos exames também ocupa lugar, isso não posso negar... O tempo aqui está péssimo, parece que a Primavera voltou para a toca!
Um beijinho*
Silvina a 6 de Maio de 2012 às 18:14

É um regresso melancólico. Deve ser um peso tremendo, ter que voltar a encarar exames - nem imagino o medo que não deve dar. As saudades apertam quando estamos nos nossos contextos, naqueles lugares onde construímos as memórias - boas, mas dolorosas. Mas a viagem, essa, os 30 e tal graus, a evasão, a descoberta, já são teus. Se puderes, mergulha antes nessas recordações mais leves, para ir buscar forças para lidar com o regresso.

Um beijinho* Como sempre, torço por ti.
EU a 4 de Maio de 2012 às 23:01

O medo é mesmo horrível. Até tenho medo de pôr creme na cara e no pescoço, só de pensar que posso apalpar qualquer coisa estranha... Resultado: já não ponho creme há três dias...
Um beijinho*
Silvina a 6 de Maio de 2012 às 18:15

Um abraço muito muito apertado***
Ana a 5 de Maio de 2012 às 21:06

Obrigada Ana :)
Um beijinho*
Silvina a 6 de Maio de 2012 às 18:15

Olá, Silvina! Diz-me a experiência que, quando regressamos a casa depois de umas belas férias, os problemas que tínhamos deixado para trás estão todos perfiladinhos à nossa espera, prontos para nos caírem em cima quando chegarmos. Eles caem-nos em cima e abalam-nos, claro está; mas nós vimos com novas forças para lhes fazer frente!
Chocolate é uma óptima terapia, para mim também. Eu diria para comeres os que te apetecer, sem pensares em linhas nem nada. Depois de vencido o "bicho mau" com o qual andas à luta, de os teus rugidos o espantarem de vez, terás tempo para o pôr de lado. Agora, força com os chocolates e com esses exames que, vais ver, vão dar o resultado que mais desejas! Por aqui torce-se por isso, muito! Beijos cheios de energia positiva :-)
Zu a 6 de Maio de 2012 às 16:15

Tens muita razão. No meu caso, os problemas ainda aumentaram, tive más noticias assim que cheguei (relacionadas com a minha família). Agora só espero que não piore com o resultado dos exames. Estou com a respiração suspensa até 2a dia 14...
Obrigada pelo apoio, sempre. Conta muito.
Um beijinho*
Silvina a 6 de Maio de 2012 às 18:17



mais sobre mim
pesquisar
 
Translation(s)
Últ. comentários
Desculpe mas percebeu mal: Tout va bien como uma e...
ainda bem que as coisas se resolveram e ela agora ...
Ja não. Tout va bien.
Ela ainda está em tratamento?
Faz por estes dias um ano que recebi um postal de ...
Tens-me feito tanta falta...beijinhos, muitos muit...
Radio Alertas




Partilhe a sua historia
Radio friendly Pub'


Kiva - loans that change lives

Estúdio Tatuagem Blood Oath Tattoos

Todas as palavras de Amor

Bau da Aurora artesanato

Mimos de Crochet


Creative Commons Licence