As rádios emitem em várias frequências. Estes episódios, contudo, situam-se numa frequência diferente, não uma de rádio, mas de radio. Como em Radioterapia. Episódios de um tratamento oncológico (à suivre)
Quarta-feira, 09 de Maio de 2012

Enquanto há bocado via a final do Biggest Loser Australiano (sim, sim, eu gosto muito de ver pessoas doentes -neste caso morbidamente obesas- a conquistar a saúde de volta através da força de vontade! Admiro imenso pessoas que pegam assim nas rédeas do seu destino) pensava:

 

"Caramba, QUINTA recidiva. Não uma, não duas, mas CINCO recidivas. Para além do diagnostico inicial. é obra!..."

 

Nunca conheci ninguém com cancro da glândula salivar que tivesse tido tantas recidivas e que tivesse sobrevivido para contar a história. Gostaria muito de ser eu (e consequentemente, de não chegar à sexta...).

publicado por Silvina às 19:34

Merda.
Sexta recidiva também significa que já deste um pontapé na merda da doença 5 vezes. Tudo o que te possa dizer me soa tão cretino, mas tão cretino.
Se estivesse aí contigo acho que me limitava a dar-te a mão e ficar calada a ouvir tudo o que te apetecesse dizer.
Ana C a 9 de Maio de 2012 às 20:18

Ai filha, não te adiantes, que eu ainda só vou na quinta recidiva! (a 6a é hipotética! lol)

Ainda há bocado uma amiga me ligou para dizer "Grande merda." Adoro. é exactamente o que eu penso, e não preciso de ouvir mais nada...

Sei que "ouves" tudo ai desse lado, e isso conta muito.
Um grande beijinho e obrigada*

Eu disse sexta? Enfim, sou a perfeita naba-do-comentário-despropositado. Sorry.

Perdoo, só porque quero que me mandes o teu livro! :P
Silvina a 11 de Maio de 2012 às 18:24

Ó que grande merda, Silvina. Eu acreditei piamente no quisto.
Um abraço e vira essa boca de "sexta" para lá.

Estou aqui, a ler, sempre.
Melissa a 9 de Maio de 2012 às 20:34

Mas que porra!
Não há-de vir a sexta!
É desta que vais dar cabo dessa porcaria, vais ver!
E porque também eu sou doente oncológica e compreendo tão bem o que deves estar a sentir, mando-te daqui um forte abraço e, nem penses em desanimar, hã?
Beijinhos
Mammy a 9 de Maio de 2012 às 20:48

Mammy, gostei do teu blog, especialmente do post A Ida. Obrigada pela solidariedade, vai correr tudo bem, não vai?
Um beijinho*

Claro que vai!
Se há coisa que ainda acredito é no pensamento positivo e em nunca deixarmos de aproveitar a vida.
Vais ver que vais conseguir derrotar esse bicho malvado!
Muitos beijinhos e obrigada pela visita ao meu cantinho!
Mammy a 15 de Maio de 2012 às 16:17

Às vezes tenho a sensação que nos deixam levantar só para nos fazerem cair. Oh que grande M****!
Muita Força!
Raios! Uma pessoa fica sem palavras!
Beijinho
Soneca a 9 de Maio de 2012 às 20:49

Obrigada pela força Soneca, um beijinho*
Silvina a 11 de Maio de 2012 às 18:44

Grande, grande, grande asneira que me apetece dizer, mas não digo, não é este o tempo nem o espaço.
Não sei de que moléculas és feita, Silvina. Não sei quantas excepções representarás, quantas estatísticas desafiarás, não prevejo o futuro (apesar de ler o tarot na brincadeira). Neste momento, sei três coisas: que mereces demais superar mais esta; que tens muitas pessoas, perto ou longe, a desejar-te o melhor; e que, à falta de outra forma de ajuda, tens as minhas orações do fundo do coração - ainda que não acredites, eu acredito e isso tem muita força.
Um abraço e força para mais esta volta.

Não há direito uma pessoa deixar de acreditar no possibilidade do melhor. Não há direito.
gralha a 9 de Maio de 2012 às 21:39

Muita merda, campeã. C

Também estou aqui
Beijinhos
Susana Neves a 9 de Maio de 2012 às 21:41

" a vitória pertence ao mais perseverante! " Napoleão Bonaparte
tens sido perseverante Silvina, ninguém te pode acusar do contrário... a grande vitória tem que estar perto!...
beijinho grande
Monóloga a 9 de Maio de 2012 às 21:47

Fica sempre a sensação de que ainda é possível chegar mais abaixo.
Não há justiça nesse mundo, não há.

Fica aqui a minha admiração, o meu respeito e o meu carinho por ti.
Nunca deixo de acreditar e torcer por vc!
Estarei sempre aqui!
juliana a 9 de Maio de 2012 às 23:28

Ó que porra... Vinha mesmo à espera de boas notícias... Faltam as palavras para te reconfortar, mas é bom continuar a sentir a tua força! Coragem rapariga! Um abraço muito apertado***
Ana a 10 de Maio de 2012 às 07:07

Grande gaita! Mas tu vais dar a volta por cima, vais vencer mais estes estupores de gânglios e vais ser a "biggest winner" É asism que vai ser!

E para conseguires: há tempos tinhas falado da tua vontade de conheceres novas terapias que estão em estudo. Não será de falares nisso ao teu médico? Não estou a falar de medicinas alternativas, mas de novos caminhos que a medicina tradicional (digamos assim) está a descobrir.
Zu a 10 de Maio de 2012 às 10:25



mais sobre mim
pesquisar
 
Translation(s)
Últ. comentários
Desculpe mas percebeu mal: Tout va bien como uma e...
ainda bem que as coisas se resolveram e ela agora ...
Ja não. Tout va bien.
Ela ainda está em tratamento?
Faz por estes dias um ano que recebi um postal de ...
Tens-me feito tanta falta...beijinhos, muitos muit...
Radio Alertas




Partilhe a sua historia
Radio friendly Pub'


Kiva - loans that change lives

Estúdio Tatuagem Blood Oath Tattoos

Todas as palavras de Amor

Bau da Aurora artesanato

Mimos de Crochet


Creative Commons Licence