"solo sagrado", como bem disse uma grande amiga.
Só agora comecei a respeitar o meu, Silvina, e é um looooongo caminho de volta até ele...
Beijinho e parabéns pela barriga sarada, que é coisa que já nem sonho voltar a ter!
Melissa a 11 de Maio de 2012 às 22:03

Admiro-te muito (a ti e ao teu blog de receitas! Ribbit!)
Silvina a 15 de Maio de 2012 às 13:29

Grande título :)
O nosso corpo é o que nos guarda a alma. Devemos respeitá-lo, amá-lo e tratá-lo com a dignidade que ele merece.
Ana C a 12 de Maio de 2012 às 22:32