As rádios emitem em várias frequências. Estes episódios, contudo, situam-se numa frequência diferente, não uma de rádio, mas de radio. Como em Radioterapia. Episódios de um tratamento oncológico (à suivre)
Quarta-feira, 27 de Junho de 2012

[Anteontem]

 

O meu corpo parece um campo de minas; ao mesmo tempo que nos desviamos de uma já esta outra debaixo dos pés pronta a explodir. Estou a ser comida viva. Cada cm3 do meu corpo pode esconder mais um revés. É iminente. Estou em estado de alerta máximo.

 

 

[Hoje]

 

é oficial, está por todo o lado. Ossos, gânglios, tecidos moles, músculo. Ainda não fiz exames ao cérebro. Sintomas, quase nenhuns, tirando uma dor no joelho.

 

 

[Sexta-feira, dia 29/06]

 

Continua a minha transformação em Robocop. Vou ser operada à perna. Vão-me pôr um tubo e uns parafusos no fémur. Impressionante, mas não é assim tão complexo... (até punha aqui um vídeo do youtube, mas fica para outro dia!)

 

 

[Depois...]

 

Depois vem aí mais radio, e também quimio. Estou lúcida e anestesiada. Vou demorar algum tempo a processar isto tudo. A tentar desesperadamente manter a cabeça à tona de água. Que está fria, muito fria, pior do que no Titanic.

publicado por Silvina às 15:40

Coragem ( que sei que tens em doses industriais) e muito carinho e pensamentos positivos.
MCorreia a 27 de Junho de 2012 às 17:12

Murro no estomago... Não tenho palavras.
um beijo grande
badmary a 27 de Junho de 2012 às 17:14

$#"&/%#/&%#/%&#&#/%&#/ e mais um milhão de impropérios!

Maldito cancro!

Não é justo...
Naná a 27 de Junho de 2012 às 17:22

Um abraço muito muito apertado, Silvina, e muita força. Guarda a certeza do meu carinho e da minha admiração por ti. Beijinhos de luz***
Ana a 27 de Junho de 2012 às 17:32

Minha querida, as notícias não são boas, obviamente. Mas eu conheço a tua capacidade de lutar. Mais uma batalha se avizinha e tu vais ter força para a travar.
A esperança continua acesa com a mesma intensidade. Adoro-te.
Beijinhos muito grandes
Cata a 27 de Junho de 2012 às 17:38

Já tiveste umas quantas batalhas , esta é mais uma . É até onde puderes , nada mais importa ;) Beijos
Sérgio a 27 de Junho de 2012 às 17:51

Não vais estar sozinha em nenhum momento. Ninguém aqui te vai largar.
Melissa a 27 de Junho de 2012 às 18:33

Eu cá adoro-te e não consigo escrever-te mais nada, pois tudo me soa a pouco.
Ana C a 27 de Junho de 2012 às 18:54

Eu roubo as palavras da Melissa e as da Ana C. : Tudo soa a pouco, mas não te vou largar.
Abraço muito grande.
Anónimo a 27 de Junho de 2012 às 19:03

Um grande beijo, com muita força Silvina! É tudo o que consigo dizer! Rita
ana rita nunes a 27 de Junho de 2012 às 19:21

Hum...

Eu comprometi-me a ir a Paris para celebrar a vitória da tua guerra, mas se assim o entenderes tb posso passar aí para te dar uma ajudinha nesta batalha filha da puta e injusta...

Ou skipe, ou movel, ou cartas, ou... o que entenderes.

Não sei mais o que dizer...
isabel a 28 de Junho de 2012 às 13:38



mais sobre mim
pesquisar
 
Translation(s)
Últ. comentários
Desculpe mas percebeu mal: Tout va bien como uma e...
ainda bem que as coisas se resolveram e ela agora ...
Ja não. Tout va bien.
Ela ainda está em tratamento?
Faz por estes dias um ano que recebi um postal de ...
Tens-me feito tanta falta...beijinhos, muitos muit...
Radio Alertas




Partilhe a sua historia
Radio friendly Pub'


Kiva - loans that change lives

Estúdio Tatuagem Blood Oath Tattoos

Todas as palavras de Amor

Bau da Aurora artesanato

Mimos de Crochet


Creative Commons Licence