As rádios emitem em várias frequências. Estes episódios, contudo, situam-se numa frequência diferente, não uma de rádio, mas de radio. Como em Radioterapia. Episódios de um tratamento oncológico (à suivre)
Quinta-feira, 26 de Julho de 2012

Esta semana fiz uma radiografia da perna. Tão bonito este meu fémur, com um tubinho de titânio lá enfiado, preso por dois parafusos!

 

 

  

 (à esq., parte de cima do fémur; à dir., extremidade inferior e joelho)

 

 

 

 

 

Para quem gosta dos livros do Onde está Wally, pode-se entreter a brincar ao Onde está (estava) a metástase...


Terça-feira, 24 de Julho de 2012

Mood do dia: escapulir-me in situ, andando de bicicleta pela cidade. Ah pois é, ontem larguei a muleta, hoje pedalo por ai fora que ninguém me apanha!

 

 


Segunda-feira, 16 de Julho de 2012

Hoje foi a primeira vez que um médico, aliás, alguém (em geral), disse que eu era magra. Ahhhhh, soube mesmo bem ouvir "como você é magra deve ser possível... bla bla bla". Tenho 30 e sou magra. Um sonho realizado - check!

 

 

Hoje foi também dia de tirar agrafos das cicatrizes da perna. Fui para lá toda a tremer, mas a coisa suportou-se benzinho. Foram "só" 25 agrafos. Sim, contei-os.

 

 

Quando cheguei a casa dos agrafos tinha uma encomenda à minha espera...

 

 

 

Obrigada EU, sua trintona mãos largas!!!


Terça-feira, 10 de Julho de 2012

Ando de muletas há 15 dias. Tenho saudades das minhas pernas, que mesmo molinhas e com celulite me permitiam deslocar-me livremente e em tempo útil por toda a cidade. Tenho saudades de não ter dores, de não ter que tomar morfina e não ter problemas de prisão de ventre.

 

Uma pessoa nunca aprende, mas acho que depois desta não me volto a queixar da gordurinha à volta do joelho, da coxa grossa, da flacidez, porque eu agora estou-me a cagar para isso tudo, e só queria era ter pernas para andar (sem muletas).

publicado por Silvina às 14:18

Quarta-feira, 27 de Junho de 2012

[Anteontem]

 

O meu corpo parece um campo de minas; ao mesmo tempo que nos desviamos de uma já esta outra debaixo dos pés pronta a explodir. Estou a ser comida viva. Cada cm3 do meu corpo pode esconder mais um revés. É iminente. Estou em estado de alerta máximo.

 

 

[Hoje]

 

é oficial, está por todo o lado. Ossos, gânglios, tecidos moles, músculo. Ainda não fiz exames ao cérebro. Sintomas, quase nenhuns, tirando uma dor no joelho.

 

 

[Sexta-feira, dia 29/06]

 

Continua a minha transformação em Robocop. Vou ser operada à perna. Vão-me pôr um tubo e uns parafusos no fémur. Impressionante, mas não é assim tão complexo... (até punha aqui um vídeo do youtube, mas fica para outro dia!)

 

 

[Depois...]

 

Depois vem aí mais radio, e também quimio. Estou lúcida e anestesiada. Vou demorar algum tempo a processar isto tudo. A tentar desesperadamente manter a cabeça à tona de água. Que está fria, muito fria, pior do que no Titanic.



mais sobre mim
pesquisar
 
Translation(s)
Últ. comentários
Desculpe mas percebeu mal: Tout va bien como uma e...
ainda bem que as coisas se resolveram e ela agora ...
Ja não. Tout va bien.
Ela ainda está em tratamento?
Faz por estes dias um ano que recebi um postal de ...
Tens-me feito tanta falta...beijinhos, muitos muit...
Radio Alertas




Partilhe a sua historia
Radio friendly Pub'


Kiva - loans that change lives

Estúdio Tatuagem Blood Oath Tattoos

Todas as palavras de Amor

Bau da Aurora artesanato

Mimos de Crochet


Creative Commons Licence