Obrigada querida Me. é a mensagem que mais gosto de ler no teu blog. Como viver feliz com o que se tem, como viver em pleno.
Também me faz uma certa confusão as pessoas que se queixam a torto e a direito. Mas as pessoas não conseguem perceber. Até perderem eles próprios a saúde, ou alguém bastante próximo, não conseguem dar valor ao que já têm. Eu própria não entendia quando a minha avo me dizia "Filha, o bem mais precioso que temos é a saúde.", pensava que era conversa de velha. E que, mesmo sendo verdade, aos 20 e tal anos não me tinha que preocupar com isso.
Ainda hoje tento valorizar os dias "com saúde" (melhorzinhos, vá) que tenho, penso que há pessoas que estão hospitalizadas ou que nem sequer podem sair de casa. Eu ainda posso (mesmo coxa)... :)
Um beijinho* e segura esse café da esquina, que quando eu voltar a Portugal combinamos!
Silvina a 17 de Julho de 2012 às 22:34

Cafézinho mais do que "segurado"!

Até lá, paletes de energia para ti! E o melhor!

Um grande beijinho
Me a 18 de Julho de 2012 às 13:13