Também eu fiquei parva a olhar para a notícia e para as declarações do Presidente dessa Comissão de Ética. Ainda não recuperei, aliás, todo o dia andei com isso na cabeça. Eu acho que há que racionalizar a saúde, pesar bem as terapêuticas a seguir, não sujeitar as pessoas a tratamentos que a nada conduzem e trazem sofrimento escusado. Racionalizar será fazer o que tu dizes; não é diminuir os cuidados prestados a quem deles precisa. E o que eu li dizia alguma coisa como ser impossível pensar que todos podem ter acesso a todo o tipo de tratamentos. Sai isto da boca de um Presidente de uma Comissão de Ética?
Fazes tu muito bem em te estares a tratar em França. Não duvido da qualidade dos nossos médicos, mas tenho todas as dúvidas quanto à eficiência do SNS e a rapidez com que actua sem ser em situação de real urgência. E mesmo nessas, às vezes... Um colega, com um descolamento de retina (situação em que se deve ser operado com a maior urgência, porque o tempo que passar corre todo a desfavor da recuperação), ficou em lista de espera para a cirurgia! Euma amiga, tendo o mesmo problema, levou com um "a senhora tem de esperar por vez para ser operada; até lá, vai com certeza deixar de ver desse olho, mas não é nada de muito grave, pode viver muito bem assim".
Enfim, ainda estou com o estômago revoltado com estas notícias de hoje.
Zu a 27 de Setembro de 2012 às 23:19

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.