Bom dia Silvina,

Cheguei aqui através de um link no facebook do Daniel Oliveira. Moro em França, estou a acompanhar quase hora a hora as calamidades que têm sido ditas por parte do governo português, e acredito que se tenha chegado ao fim do poço com este parecer "ético". Lembro-me que no tempo do Sarkozy também se questionou os limites do serviço publico de saúde , um dos jornalistas que apelava ao corte de tratamentos demasiado dispendiosos teve um acidente grave e usufruiu de um tratamento de 300.000 euros. Claro que a sua opinião mudou radicalmente e passou a militar para que mantivessem os cuidados médicos como estavam. Isto de se fazer contas num gabinete é muito bonito, mas existem campos vitais onde em vez de se cortar se devia investir. Se os tratamentos são muito caros, que se invista em investigação para se descobrir outros mais baratos. Austeridade em muitos casos é burrice, neste é crime.
Se precisares de alguma coisa que uma portuguesa em Paris te possa fazer, diz. ;)
Carla R. a 28 de Setembro de 2012 às 20:45

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.