Sabes que nunca tinha ouvido falar neste sintoma filho da puta?
E mais filho da puta ainda é termos que lidar com traumas do passado numa altura em que temos que lidar com traumas no presente. Essas frases maternas eram perfeitamente dispensáveis e todos os dias me relembro, com post-its mentais que aquilo que eu digo aos meus filhos é potenciado mil vezes por eles e fica para sempre.
Um grande abraço, Silvina e que isso desapareça tão depressa como chegou.
Ana C a 25 de Outubro de 2012 às 19:53

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.