Silvina, querida, todos nós temos dias em que desejamos uma vida como a dos outros. É apenas humano.
Se há quem tenha direito de o fazer, tu estás certamente na lista. Andamos todos nas nossas vidinhas, a queixar-nos da crise, da dor de cabeça, ou de outras coisinhas quaisquer - cada um se queixa daquilo que para si importa, à sua medida e no seu mundo. Mas como dizia hoje a D. Celeste, que faz a limpeza cá em casa, e que tem momentos de sabedoria - enquanto tivermos saúde e trabalho não temos do que nos queixar. A ti falta-te a saúde já há tanto tempo... passaste por tanto... se há quem tenha direito de se queixar, tu tens. E nós ouvimos de bom grado.
Um abraço
Eu a 14 de Novembro de 2012 às 14:31

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.