:( pois desejas, e com legitimidade! apesar de se calhar teres tido uma vida mais preenchida, por exemplo no aspeto das viagens, que muita gente que tem tido uma vida simples e monótoma, mas a saúde é muito importante evidentemente... e imagino (calculo) como deves ter momentos de exaustão e desespero perante essa m* dessa doença! já era hora de dar um pouco de tréguas... mas não somos nós que escolhemos...
sê como tens sido, forte, lutadora e tentando usufruir dos pequenos momentos de paz que vais tendo... nessas alturas respira fundo, enche os pulmões de fôlego, como tens feito...
não vejo a hora de vires aqui dizer que a doença está estagnada e estás numa fase em que podes viver um pouco longe dos hospitais e médicos!
beijinhos grandes
Monóloga a 14 de Novembro de 2012 às 12:23

Também eu não vejo a hora. Ja merecia uma boa noticia... ;)

Um beijinho* grande, obrigada por estares ai*
Silvina a 17 de Novembro de 2012 às 11:28

estarei sempre aqui (se não me acontecer nenhum imprevisto daqueles trágicos... que também não estou livre...), "daqui não saio, daqui ninguém me tira!" - como diz a canção!
pena não estar mais perto, fisicamente, mas estou perto virtualmente. estás no meu coração...
beijinho grande leoa!
Monóloga a 17 de Novembro de 2012 às 13:56

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.