Ai, mas muito ri eu sózinha.
Matavam-me e não era o gajo não, era a minha querida e adorada filha.
Se ela visse um vinco mal feito no uniforme da escola...ai desgraça!
A minha libertação é inviável eheheh

Feliz por te ler.

Beijinho grande
Maria
Maria a 23 de Novembro de 2012 às 12:21

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.