Sem palavras ... andava tristemente a prever esta notícia por estes dias. Agora, minha querida, já não há sofrimento ... só a saudade (tanta e imensa) dos que deixas aqui. Obrigada, é só e tanto o que posso dizer-te. Foi um privilégio poder 'fazer parte' da tua vida, de um pouco do teu ânimo, do grupo de privilegiados que puderam ler-te e partilhar ctg cada conquista, cada dia e cada barreira que se apresentava.

Até um dia, Rita. *
Guida a 15 de Abril de 2013 às 23:58

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.