Silvina/Rita/Família nunca comentei o blog por falta de palavras que igualassem as suas, nunca poderiam. Desde o dia que descobri este sítio, por acaso, raros foram os dias que não aqui passei, segui-a portanto aproximadamente 1 ano, sei que um nada nesta luta e que não representei nada, mas estive aqui, li-a. Hoje aqui cheguei mais uma vez e tal como aconteceu com o João (d' Medula para o João) a forma como a notícia foi recebida foi estranha, forte, tal como se tratasse de alguém que conhecesse pessoalmente, já vi várias pessoas descrevê-la como um "murro no estômago" e é mesmo. Bom, não tenho palavras bonitas nem reconfortantes porque aconteceu o que aconteceu. Deixo-a(os) com uma citação de um livro, "À Procura de Alaska": "As últimas palavras de Thomas Edison foram: "Ali está muito bonito." Não sei onde fica o ali, mas sei que é algures, e espero que seja bonito." Até sempre(já?).
Patrícia André a 16 de Abril de 2013 às 21:11

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.