E qual foi a resposta do médico? Por acaso interessa-me :)
Susana Neves a 21 de Junho de 2011 às 23:26

eheh Este mal também te aflige? Olha ele riu-se na minha cara e depois, ja mais sério, perguntou como é que eu estava psicologicamente... Enfim, depois pensei melhor no assunto e agora acho que o facto de ter estado/estar confrontada à morte de uma forma tão brutal e com o nivel de sofrimento alto deve ter despertado uma sensibilidade em mim que antes estava anestesiada (ou domada). Agora é mais dificil de controlar as emoções... Um beijinho*
Silvina a 23 de Junho de 2011 às 00:00

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.