Cara Silvina, recebi seu comentário no meu blog e publiquei meio sem pensar. Depois resolvi excluir, pelo que lhe peço desculpas. O problema é que tenho muitos seguidores portadores de ca e achei que a notícia sobre o Dr. Servan-Schreiber não estimula em nada quem luta contra a doença, mesmo levando em consideração que ele sobrevieu por 19 anos depois do diagnóstico inicial, quando lhe deram 6 semanas de vida. Espero que compreenda e volte a me visitar. Um abraço, Angela
Angela Fonseca a 12 de Setembro de 2011 às 00:52

Olá Angela, eu percebo a sua posição, mas discordo completamente. O David Servan-Schreiber escreveu um livro chamado "On peut se dire au revoir plusieurs fois", publicado em França 2 meses antes da sua morte. Nesse livro explica que tudo o que ele defendeu em "Anti-cancro" continua válido, e que a sua morte não altera em nada esse facto. Também fala da importância de se despedir, muitas vezes, de quem se ama, o que não significa baixar os braços e desistir de lutar contra a doença! Significa sim ser realista e preparar-se para essa eventualidade. Acho que é um exemplo encorajador de como se pode viver, lutando e resistindo até ao fim, e garantir que esse fim seja digno, e que estejamos rodeados de pessoas que amamos. é uma bela lição, um exemplo de força, que deve ser falado e não escondido. Mas esta é só a minha opinião. Continuarei a visitar o seu blog, que achei muito interessante! Um beijinho*
Silvina a 12 de Setembro de 2011 às 21:04

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.