ai ai esse doutor, a meter-se com as miúdas giras... :)
fiquei muito feliz com as boas noticias...
beijinho
Monóloga a 23 de Novembro de 2011 às 22:37

Monologa, ele não se mete, coitado, tem um sentido ético acima de qualquer suspeita! Eu é que tenho uma imaginação muito fértil (quase ordinária), que a partir de um gesto médico normal de palpação fabrica logo uma teia fantasiosa relacionada com um outro nível de massagens... eheheh
Um beijinho*
Silvina a 23 de Novembro de 2011 às 23:18

eu percebi... mas foi mais divertido imaginar uma cena de "Anatomia de Grey" eheh ;)
(dentro do mal, é bom usarmos um bocadinho de bom humor, para aligeirar né?)
beijinho Silvina
Monóloga a 24 de Novembro de 2011 às 12:39

Vim ter ao teu blog através d'"O Amor é um Lugar Estranho" e fiquei presa do primeiro ao último post. A forma lúcida, sem peneiras, serena, mas cheia de sensibilidade com que escreves sobre este momento da tua vida deixou-me reduzida à minha parva insignificância.
Tens aqui uma leitora atenta e alguém que enviará energia positiva em todas as tuas direcções. Direcções essas que terão apenas um destino: A tua recuperação.
Ana C a 23 de Novembro de 2011 às 22:49

Olá Ana C, obrigada pelo teu comentário e pelas energias positivas, que são muito bem vindas! :) Também gostei muito do teu blog, já dei umas boas gargalhadas!
Um beijinho*
Silvina a 23 de Novembro de 2011 às 23:20

Faço minhas as palavras de incentivo das amigas anteriores.Sigo o seu percurso com o coração totalmente envolvido nessa luta guerreira, que chegará a bom porto,estou certa.Diga-me só: essa luta estrénua é tão solitária quanto parece, ou tem a seu lado, além do apoio médico, a presença de familiares, amigos "não virtuais", namorado, etc?
De todo o modo, a sua segurança é extraordinária e um exemplo de resiliência, absolutamente ímpar, que prenuncia uma vitória estrondosa!
Força! Sempre!
Abraço muito apertado.
M.
M. a 24 de Novembro de 2011 às 10:35

Olá M., obrigada pela força e pelo abraço :) Fiquei a pensar na tua pergunta durante 2 dias, e acho que a resposta merece um post, por isso em breve vou escrever sobre isso...
Um beijinho*
Silvina a 26 de Novembro de 2011 às 15:32

Que bom que estás de volta ao teu contexto habitual. Deve ser um conforto o regresso a alguma normalidade. Vai caminhando e sonhando com o Bom Doutor! Boa sorte para mais essa análise - acredito que seja o tipo de coisas a que nunca nos consigamos habituar. Continua com a tua força habitual.
P.S.: Hoje, aqui, está um óptimo dia para passear, com um sol de Inverno perfeito. Espero que desse lado aconteça o mesmo.
Eu a 24 de Novembro de 2011 às 12:51

Olá querida Eu, por cá o Outono já se instalou em força, ainda houveram dias de sol a semana passada mas desde que vim para casa que tem estado cinzento. Mas não é coisa que me desanime, porque me tem sabido bem o frio e sobretudo andar por ai toda bonita com o meu casaco novo de Inverno! ;)
Um beijinho*
Silvina a 26 de Novembro de 2011 às 15:36

Deste lado, sentimos cada vitória como se fosse também um bocadinho nossa. Obrigada!
Ana a 24 de Novembro de 2011 às 21:07

Um brinde às vitórias partilhadas! :))
Silvina a 26 de Novembro de 2011 às 15:36

"Vim ter ao teu blog através d'"O Amor é um Lugar Estranho" e fiquei presa do primeiro ao último post. A forma lúcida, sem peneiras, serena, mas cheia de sensibilidade com que escreves sobre este momento da tua vida deixou-me reduzida à minha parva insignificância."
Vim cá para dizer "isto" e vi que alguém já escreveu por mim que me deixa pouco a acrescentar. Obrigada pela partilha!
Sara a 26 de Novembro de 2011 às 15:52

Olá Sara, obrigada pelo teu comentário e pela visita, fico contente que tenhas gostado do que escrevo por aqui...
Um beijinho*
Silvina a 26 de Novembro de 2011 às 16:04