Hehe, todas as barracas fossem essas! Antes uma lingerie sexy do que cuecas tipo «avozinha»!
Eu a 28 de Novembro de 2011 às 19:15

Sem duvida! :P
Silvina a 1 de Dezembro de 2011 às 14:08

Há coisas piores, como estar em frente do Dr. Lambert , sem a depilação por fazer.... a vergonha era maior.
Heidi
http.www.ilusaodoparaiso.pt
Anónimo a 28 de Novembro de 2011 às 20:12

Enganeii-me no nome do médico, mas da para perceber...
Anónimo a 28 de Novembro de 2011 às 20:13

Ja me aconteceu (com outro médico), mas não estava ainda no ponto de não retorno... ;)
Silvina a 1 de Dezembro de 2011 às 14:09

:)))
Monóloga a 28 de Novembro de 2011 às 21:31

:)
BOA!!!
Ana C a 28 de Novembro de 2011 às 21:43

há poucos dias cheguei a este blog e doeu constatar que esta malvada doença não tem critério algum! enfim... o que importa é que tudo está correr pelo melhor!!!


* beijocas e um abraço muito forte carregado de boa energia ;)
Tixa a 29 de Novembro de 2011 às 11:37

Olá Tixa, bem vinda ao blog e obrigada pelas boas energias :)
Um beijinho*
Silvina a 1 de Dezembro de 2011 às 14:10

KKKKKK. Olha se não tivesses levado cuecas!

Por vezes acontece!


Beijinho grande


Filomena
filomena a 29 de Novembro de 2011 às 20:07

AHAHAHAH a mim não! ;))

Um beijinho*
Silvina a 1 de Dezembro de 2011 às 14:11

A Isabel comentou no meu blog a pedir para passar por cá e dizer uma palavrinha. Confesso que não sei o que dizer, que li apenas 5 posts com a tag 'ganglios' e não consegui ler mais. Porque me aviva a memória e porque neste momento estou a passar por mais um susto. Sou capaz de imaginar o que sentes, já por lá passei. Acho que escrever sobre isso ajuda, embora na altura decidisse não o fazer. Gosto de ver que és bem humurada e acredito que quando tudo passar serás muito melhor porque te aconteceu. Eu sou, sem dúvida. Há lições em todas as etapas, há oportunidades para pensar na vida de outra forma, e imensas oportunidades para fazer planos. Não há nada a perder afinal. :)

Beijinho e boa sorte... com o Dr. jeitoso também (não tive a mesma sorte :p)
Nervosinha a 1 de Dezembro de 2011 às 11:23

Olá Nervosinha,
obrigada pelo comentário, espero não te ter despertado lembranças demasiado pesadas. Eu acho que escrever ajuda, sim. Não escrevo todos os dias, não escrevo tudo, mas o que escrevo já é o bocadinho das coisas que consigo digerir, e isso permite-me avançar para outros assuntos... A aprendizagem que falas é eficaz, mas hoje ainda sinto que preferia não a ter tido. Ainda não aceito total e serenamente o que me aconteceu / o que me está a acontecer.
Um grande beijinho e espero que não passe de um susto. Coragem para a espera :) Vai correr tudo bem.
Silvina a 1 de Dezembro de 2011 às 14:15