As rádios emitem em várias frequências. Estes episódios, contudo, situam-se numa frequência diferente, não uma de rádio, mas de radio. Como em Radioterapia. Episódios de um tratamento oncológico (à suivre)
Segunda-feira, 28 de Novembro de 2011

Hoje fui fazer um exame (scanner) para ver em que estado é que está este corpinho. Estava com medo, porque se o exame mostrasse mais algum gânglio ou nódulo teria que fazer quimio já a correr. Não foi um exame muito pormenorizado, mas à partida não está cá mais nada, só o gânglio no peito já meu conhecido em Outubro. Praise the Lord!

 

Fiz o exame no edifício onde faço radioterapia. Os técnicos disseram-me para tirar os brincos e as pulseiras (sou um bocado árvore de Natal, não é por estarmos quase em Dezembro, mas gosto de andar "enfeitada" o ano todo) e para baixar as calças porque o exame iria abranger a zona da bacia. Nesse momento pensei: "Merda!". Isto porque de manhã vesti-me à pressa, e sem pensar muito agarrei as primeiras cuecas que me vieram parar à mão... E as ditas cuecas são pretas e brancas, tipo renda, sexys como tudo. Bom... Acho que escandalizei o pessoal médico pela positiva, incluindo o Dr Lambard, que nunca antes me tinha visto naqueles preparos (apesar de eu ter sonhado com isso "n" vezes). Finalmente lá me puseram um bocado de papel a tapar as coxas e a minha lingerie indecente... Fiquei um bocado envergonhada, confesso, porque eu no fundo até sou uma gaja pudica, mas o que é certo é que o Lambard me veio apertar a mão 3 vezes, todo sorrisos, a dizer que nos víamos em breve. Espero que sim, até porque eu tenho mais cuecas sexys para lhe mostrar!

 

A outra boa surpresa estava no correio à minha espera quando cheguei a casa: postais! Tinha QUATRO postais no correio! Já disse que adoro receber postais à antiga, escritos à mão, com selos verdadeiros? Gosto muito, obrigada amigos!

publicado por Silvina às 15:38

Sem duvida! :P
Silvina a 1 de Dezembro de 2011 às 14:08



mais sobre mim
pesquisar
 
Últ. comentários
Como era linda, meu deus!
Em Janeiro de 2016, aos 53 anos, foi-me diagnostic...
To Blog parabens pela radio !
Desculpe mas percebeu mal: Tout va bien como uma e...
ainda bem que as coisas se resolveram e ela agora ...
Ja não. Tout va bien.