Silvina, lamento imenso que tenhas regressado das tua férias para notícias tão aborrecidas. Já pensaste em pedir uma segunda opinião? Estou aqui a pensar que fazes muita referência a radioterapias (parece-me que esse tem vindo a ser o tratamento de eleição dos médicos no teu caso), mas não seria caso para experimentar uma quimio? Eu não percebo nada de medicina, mas o pouco que sei diz-me que a radioterapia tem uma actuação mais "local" e a quimio mais "geral". E com pontos problemáticos tão dispersos, não seria de tentar? É apenas uma sugestão. E por favor, não me leves a mal, faz parte da minha natureza andar sempre às voltas a tentar encontrar alternativas para resolver problemas. Provavelmente até já ponderaste tudo isto, e eu estou a aborrecer-te. Se for esse o caso, ignora. Desejo-te, como sempre, que mantenhas a tua força e determinação. Um grande beijinho.
Susana A. a 9 de Maio de 2012 às 19:20

Olá Susana A.,
para muitos tipos de cancro a quimio é de facto a melhor opção. Infelizmente, para o meu tipo de cancro a quimio não funciona. Poderá prolongar a vida mais uns meses, mas não é uma terapia curativa. Por isso guarda-se como solução de ultimo recurso, quando já não houver mesmo mais nada a fazer. Espero nunca ter que precisar!...
Obrigada pelo comentário e pela força!
Um beijinho*
Silvina a 9 de Maio de 2012 às 19:33

Silvina, nem sei que dizer. Dá vontade de escrever um chorrilho de palavrões, que eu sou uma mulher do Norte, mas assim, por escrito, não aliviam. Que da próxima vez, a remissão seja completa e duradoura... e muita, muita força para ti.
EU a 10 de Maio de 2012 às 19:31

Querida Silvina,

Venho sempre a este blog com o desejo de ler qualquer coisa como "deu tudo negativo, estou optima". Mas a vida é para os fortes, não é? Força, muita força! Vamos pensar que é a ultima e que lhe vamos fazer frente, como a todas as outras! Estamos todos do teu lado!

Um beijinho muito grande. E um abraço muito, muito apertado.***
T. a 10 de Maio de 2012 às 23:32

Silvana,
há algum tempo que sigo o seu blogue, tentei comentar no passado mas sem grande sucesso.
Tem que ter muita fé e lembrar-se que é uma mulher muito corajosa.
Muita força e pensamento positivo de Macau.
Sofia
Sofia a 11 de Maio de 2012 às 10:12

Abraço grande. A luta continua. Que a tua força seja superior á do maldito cancro. E não prescindas de espaço para momentos de felicidade.
Se te apetecer gritar, grita! se te apetecer chorar, chora! Cerra os punhos e investe contra um saco de boxe imaginário. Ouve música alto e dança :). Sorri. Fecha os olhos e inspira fundo para ganhar folgoi.
Não lhe dês tréguas.
(eu sei q é muito fácil falar de fora .....)
SB a 11 de Maio de 2012 às 12:03