As rádios emitem em várias frequências. Estes episódios, contudo, situam-se numa frequência diferente, não uma de rádio, mas de radio. Como em Radioterapia. Episódios de um tratamento oncológico (à suivre)
Sexta-feira, 22 de Junho de 2012

Pois é, fiz 30 há uns dias. Sempre pensei como seria este momento, como estaria na minha vida, como é que me ia sentir... Velha, gasta e decrépita ou cheia daquela maturidade e equilíbrio zen que ouvia dizer que se adquiriam com os 30?

 

Pegando no mote dos 30, vou pela primeira vez pôr aqui um "Selo", só porque vem do blog da EU. Não costumo achar piada a selinhos, mas sigo a EU há muito tempo (e ela a mim), e pronto, se ela gosta de selos e inventou um, eu alinho.

 

Então cá vai disto:

 

  

- a) Como sonho ser quando tiver 30? ou Como era eu com 30 anos? (consoante a idade de quem responde).

 

Tenho 30 e quero ser o mais parecida comigo que conseguir.

 


 - b) Quais as vantagens e as desvantagens de se ser trintona? (Pelo menos 2 vantagens e 2 desvantagens, mas podem escolher mais, se quiserem).

 

Vantagens: maturidade, e no meu caso, foi uma pequena vitoria pessoal ter chegado aos 30;

Desvantagens: ligeira cedência às leis da gravidade no que a mamas diz respeito; e também sinto uma ligeira pressão social do género: aos 30 devia ter emprego, marido e casa e não tenho nada disso. Mas isto na volta é mais uma incerteza do que propriamente uma desvantagem. Ah, outra vantagem, a liberdade de se mudar de vida e cagar nestas incertezas/ desvantagens/ pressões sociais, porque lá está, aos 30 somos maduros e assumimos as nossas escolhas da vida. Olha que porra, e agora misturei vantagens e desvantagens (não tenho mesmo jeito para selinhos).

 


 - c) Que sonhos me falta realizar? (Pode ser o número de sonhos que entenderem).

 

Ui, esta dava pano para mangas. é difícil responder, porque os meus sonhos estão sempre a mudar (Ah, cancro, a quanto obrigas!). Mas assim por alto: viajar mais, mudar de carreira, estudar muito e nunca estagnar, aprender sempre!

 

 

Para roubarem o selinho, espreitar o blog da EU, ou tentar a sorte num passatempo que ela também inventou, sigam este link:

http://acasados30.blogspot.fr/2012/06/pois-entao-inventei-um-selinho.html

 

publicado por Silvina às 20:01

Olha, tens razão, isso resume bastante bem os 30 anos: deixarmos de querer ser qualquer coisa que não nós próprios. Beijinhos!
gralha a 25 de Junho de 2012 às 16:20



mais sobre mim
pesquisar
 
Últ. comentários
Como era linda, meu deus!
Em Janeiro de 2016, aos 53 anos, foi-me diagnostic...
To Blog parabens pela radio !
Desculpe mas percebeu mal: Tout va bien como uma e...
ainda bem que as coisas se resolveram e ela agora ...
Ja não. Tout va bien.