As rádios emitem em várias frequências. Estes episódios, contudo, situam-se numa frequência diferente, não uma de rádio, mas de radio. Como em Radioterapia. Episódios de um tratamento oncológico (à suivre)
Sábado, 21 de Julho de 2012

Acontece mais ou menos a mesma coisa quando eu anuncio que tenho novas metástases...

 

 

 

 

 Via Dois desenhos a conversar (no Facebook)

publicado por Silvina às 22:47

Quinta-feira, 14 de Junho de 2012

*versão e-mail*

 

Mando mail ao Lambard a dizer que continuo angustiada. Que o efeito calmante que as consultas com ele normalmente me trazem desta vez não resultou. Responde-me "Quanto ao efeito calmante, podemos marcar consulta para a semana"...

 

(quando o li tive de imediato um efeito coranço).


Terça-feira, 29 de Maio de 2012

Eu sabia que mais cedo ou mais tarde o facto de o Dr Poussin se ter despedido de mim com 2 beijinhos me ia dar jeito. Foi hoje. Na consulta com o Dr Lambard, este frisou bem a importância de fazer sempre os exames com o mesmo médico radiologista, e eu pensei "é agora!", e disse-lhe: "Claro, até porque o Dr Poussin além de ser muito competente, agora comprimenta-me com beijinhos e trata-me pelo nome próprio..."

 

Lambard, abrindo muito os olhos: "O Dr Poussin despede-se de si com beijinhos?!"

 

Eu, com ar completamente natural: "Sim."

 

Lambard, abrindo mais os olhos e com um sorriso meio incrédulo: "A sério?! O Dr Poussin? Com beijinhos?"

 

Eu: "Sim!"

 

 

[E pensei, mas graças ao Senhor não o disse em voz alta porque senão seria um coranço épico: "Não esteja ciumento que não vale a pena..."]


Sexta-feira, 25 de Maio de 2012

No fim-de-semana passado fui ao Marché aux Puces, uma espécie de feira da ladra mas em grande. Estava a chuviscar e depois de cafezar com umas amigas meti-me a caminho para apanhar o metro. Às tantas passa por mim um dread e diz-me: "Fais pas la gueule !" (pode ser traduzido por "não estejas de trombas", ou "não faças essa cara de má"). De repente cai em mim e desatei-me a rir. Deve ser por isso que ninguém (leia-se, gajos) se mete comigo na rua, devo andar com cara de pau o tempo todo... O dread tem toda a razão, é preciso descontrair, sorrir mais...

 

Os dreads estão fartos de me entregar mensagens subliminares em Paris.

 

Uns dias mais tarde estava eu a andar de bicicleta, com a minha mochila e o colete reflector amarelo (sexy time!), mas de saltos altos. Lembro-me de nesse dia ter pensado que me doíam as costas e que gostava de ter um corpo desportivo, com músculos, que se mexesse bem e sem dor. Pouco depois abrando para ultrapassar um camião que estava parado à frente de um supermercado, e o rapaz (dread) que estava a descarregar os caixotes olhou para mim e disse: "T'es sportive quoi !" ("és desportista!" -o quoi é uma marca do discurso de um dread). Lá está, o Universo a responder às minhas angústias através das bocas dos dreads...

 

Acho que os dreads de Paris têm uma classe incrível. Não há cá bocas fatelas, só pérolas de boa educação dreadiana. Outro exemplo: aqui há uns anos (estou velha) estava a passear ali na zona de Les Halles a comer uma maça quando um dread sentado num banco de jardim me chama: "Eh, mademoiselle, mademoiselle !" E eu penso: "pronto, lá vem este dizer que gostava de me partir toda ou outra coisa assim poética como oiço em Portugal..." Abrando e educadamente pergunto-lhe: "Sim?" Ele ri-se e responde-me: "Bon Appétit !". Chapada de luva branca bem dada, que me fez engolir os preconceitos. Nunca mais me esqueci disto.

 

 

[imagem via blog Monologando]

publicado por Silvina às 23:58
tags: ,

Quarta-feira, 23 de Maio de 2012

Mail às 22h50 do Dr Lambard, para me pedir que leve um exame para a consulta que tenho marcada com ele para a semana. E a dizer-me que pensa em mim amanhã e sexta-feira (vão ser dias complicados, depois explico.)

 

Resposta minha, sem tardar: "11h da noite e ainda está a pensar em mim?"

 

 

A sério, às vezes quem cora com a minha lata sou eu... :)


Domingo, 20 de Maio de 2012

 

Ma plus belle histoire d'humour, c'est vous [Miss.Tic]

ou

Ma plus belle histoire d'amour, c'est toi [LE Miss.Tic] ???

 

Qual é a vossa versão? ;)

 

PARA VER MELHOR A FOTO, CLICAR AQUI!

 

 

[eu, pseudo-romântico-lamechas como sempre, passei nesta rua de bicicleta e li AMOUR (=amor) e C'EST VOUS (=é você ou são vocês). Parei a bicicleta, despi o colete reflector amarelo, saquei o telemóvel da mochila e tirei estas duas fotos. Passados dois dias cheguei a casa, fiz a montagem das fotos e foi aí que olhei bem para elas. "Mas espera lá...", pensei. "Há aqui um trocadilho que não estou a compreender... Mas a palavra Aumour existe em Francês? Deixa cá googlar isto." E pronto, 2min depois descobri que aumour não existe em Francês, e que estou mais míope (e romântica) do que eu pensava...]


Quinta-feira, 17 de Maio de 2012

O médico giraço que me costuma fazer os exames saiu-se com uma bonita, depois de me ter feito ecografia abdominal (e consequentemente ter-me besuntado toda com aquele gel nhanhoso que eles usam) e de me ter andado a revirar de um lado para o outro na marquesa, comigo semi-nua de leggings pretas e top preto qual catwoman.

 

Eu: "Então adeus, até à próxima!" E estendo a mão para um aperto de mão, que é como se faz sempre, e como eu sempre fiz com ele.

 

Ele estende-me a mão de volta, e diz: "Podemo-nos despedir com dois beijinhos, Silvina?" ao mesmo tempo que já está a inclinar a cara na minha direcção.

 

Até gaguejei. *coranço*

 

(não tem nada de especial, mas fui apanhada mesmo de surpresa. é sempre bom para mais tarde poder esfregar isto na cara do Lambard: "Eu ao Dr Poussin dou beijinhos..." ahahah)


Quarta-feira, 16 de Maio de 2012

O Dr Lambard sabe o meu número de telemóvel de cor.

 

 

(ainda estou em modo WTF?!)

 

 

(E não, eu ainda não saquei o dele...)

publicado por Silvina às 23:50
tags: ,

Terça-feira, 15 de Maio de 2012

No hospital, a semana passada.

 

 

Auxiliar: Então, está cá hoje outra vez?

 

Eu: Ontem e hoje, agora venho cá todos os dias! Qualquer dia venho viver para o hospital...

 

Auxiliar: Pois, o Dr. Lambard já não pode passar sem si!

 

Eu: Errrr... *coranço!*


 

(Lambard, o nosso idílio secreto será em breve descoberto por toda a gente do serviço!...)

publicado por Silvina às 13:45


Ontem, depois do TAC, em conversa com o Dr. Poussin, radiologista:

 

 

Dr: Não parece haver nada de especial, para além deste angioma do fígado.

 

Eu: Já nosso conhecido desde 2009.

 

Dr: Já nos conhecemos desde 2009?! Gostava que nos tivéssemos conhecido noutras circunstâncias...

 

Eu: Errr, pois... *coranço!*



mais sobre mim
pesquisar
 
Translation(s)
Seguir a radiação
Últ. comentários
Em Janeiro de 2016, aos 53 anos, foi-me diagnostic...
To Blog parabens pela radio !
Desculpe mas percebeu mal: Tout va bien como uma e...
ainda bem que as coisas se resolveram e ela agora ...
Ja não. Tout va bien.
Ela ainda está em tratamento?